quinta-feira, 3 de junho de 2010

Já pela manhã me levantei sorrindo. Naquela noite eu teria tido o sonho mais incrível de todos os sonhos. Sentada na beira da cama e comecei a lembrar, foi mais ou menos assim:
Eu estava em uma montanha, onde flores e flores sorriam e exalavam o perfume mais doce da face da terra.Mais a frente encontrei um pedaço de mapa.Me abaixei e peguei aquele pequeno papel.Olhei olhei e achei estranho,havia uma casa desenhado nele, era pequena e toda colida. Nem liguei muito e o guardei no bolso. Olhando tudo que havia naquela montanha, o que mais me chamava a atenção era os vagalumes que cantavam lindas canções. Indo a diante, encontrei o resto daquele pequeno mapa. Liguei os dois papeis, e do nada aquela casa pequenina e colorida apareceu bem diante de mim. Não estava entendendo nada, apenas fui conferir. Bati na porta três vezes, mas ninguém me atendeu.Então abri a porta e entrei. Lá dentro tudo era grande, e lindo.Branquinha eram as paredes, com suave tom de  rosa e lilás sobre as cortinas.Bem ao fundo exista um garoto, conversando com uma borboleta azul.Fiquei assustada, talvez poderia ser uma pessoa má.Mas ele logo me chamou: venha cá doce e bela menina. Fui ate ele. Comprimentou-me com um beijo em minhas mãos.Que belo lugar. Passando pela casinha misteriosa descobri uma sala de música, onde os músicos eram fadas lindas e formosas. Me encantei, ele me chamou para dançar, e assim pude me apaixonar.Quando enfim ia tocar meus labios, um susto torna o meu sonho para o mundo da realidade.

0 comentários:

A Caprichosa

A Caprichosa
Esteticista| Cristã| Mãe do Luck. Cantinho reservado para as mulheres que amam vaidade e um pouquinho de cada assunto.

Arquivo do blog

@barbarapiracelli

@barbarapiracelli

Tecnologia do Blogger.

Anuncie !!!!