terça-feira, 28 de junho de 2011


Eu estava ansiosa para acontecer o que eu queria que acontecesse. Você me tocou, minha alma suspirou, meus olhos se fecharam lentamente. Doçura, desejo, paixão, amor, sedução. Foi lindo pensar em te dizer: como eu te quero. Quando eu fecho os olhos, penso no seu beijo, penso em como você me olhava naquele momento tão sublime … momentos em que nossos corpos se uniram em um só. Daquela vez eu tinha você só pra mim. Me lembro das suas palavras soadas em meus ouvidos, palavras safadas, palavras carinhosas, palavras amorosas que me traziam sensações de levesa, auto confiança, sensações que me faziam amar você mais do que tudo, e é por isso que eu vou te dizer: quando eu quiser te abraçar, e tentar de entender, é porque estou te amando. Olhe para mim, eu estou aqui, fazendo carinho em seu rosto enquanto te observo dormindo. Penso, repenso, e assim passo minha madrugada. O que devemos fazer pra que algo que queremos dure para sempre? Sorrisos, suspiros, abraços apertados, palavras verdadeiras, é assim que deve ser? Está funcionando. Você curou o meu sorriso partido, o meu coração partido, que outro alguém havia ferido. Fecho meus olhos, adormeço, permaneço em silencio. Já é dia, suas mãos contornam a minha cintura, você a alisa, bom dia. Então eu sorrio. Você vai me pegar pela mão e dizer que tudo vai estar bem? Eu te quero todos os dias de agora em diante.

0 comentários:

A Caprichosa

A Caprichosa
Esteticista| Cristã| Mãe do Luck. Cantinho reservado para as mulheres que amam vaidade e um pouquinho de cada assunto.

Arquivo do blog

@barbarapiracelli

@barbarapiracelli

Tecnologia do Blogger.

Anuncie !!!!