quarta-feira, 5 de outubro de 2016
Eu estava me preparando pra escrever esse post a vocês por alguns dias. Falar de algo pessoal muitas vezes tem que ser pensado, pois envolve você e pessoas ao seu redor. Sei que assim como muitos assuntos aqui do Blog ajudam, creio que esse causará o mesmo efeito. Tenho 22 anos, sou uma jovem saudável, tenho uma vida movimentada e fui diagnosticada com ataque de pânico e ansiedade. 

No vídeo abaixo quis trazer o assunto '' ataque de pânico '' de uma maneira mais descontraída, como se eu tivesse com você numa conversa de amiga. Saude emocional não é uma coisa muito fácil de lidar. A pessoa que esta passando por problemas não aceita que precisa de ajuda, e isso aconteceu comigo também. Eu espero que você entenda a mensagem e que se você precisa de ajuda, não hesite em consultar um médico.



Agora que você já assistiu o vídeo, quero te explicar o que é uma crise ou ataque de pânico."O Pânico é Ansiedade máxima em situações inexplicáveis."

''A síndrome do pânico é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja motivo algum para isso ou sinais de perigo iminente. Quem sofre do Transtorno de Pânico sofre crises de medo agudo de modo recorrente e inesperado. Além disso, as crises são seguidas de preocupação persistente com a possibilidade de ter novos ataques e com as consequências desses ataques, seja dificultando a rotina do dia a dia, seja por medo de perder o controle, enlouquecer ou ter um ataque no coração''.

SINTOMAS MAIS FREQUENTES DOS ATAQUES DE PÂNICO
·         Dificuldade respiratória ou sensação de estar a sufocar
·         Vertigens, instabilidade ou desmaio
·         Palpitações ou ritmo cardíaco acelerado
·         Tremuras ligeiras ou acentuadas
·         Sudação
·         Falta de ar
·         Náuseas, dor de estômago ou diarreia
·         Sensações de adormecimento ou de formigueiros
·         Ruborização ou calafrios
·         Dor ou incomodidade no peito
·         Medo de morrer
·         Medo de tornar-se louco ou de perder o controle

FATORES DE RISCO
. Situações de estresse extremo
. Morte ou adoecimento de uma pessoa próxima
. Mudanças radicais ocorridas na vida
. Ter passado por alguma experiência traumática, como um acidente.

TRATAMENTO DE SÍNDROME DO PÂNICO

O principal objetivo do tratamento da síndrome do pânico é reduzir o número de crises, assim como sua intensidade e recuperação mais rápida. As duas principais formas de tratamento para esse transtorno é por meio de psicoterapia e medicamentos. 

Eu espero assim, ter ajudado você. Se você esta passando por algum problema converse com alguém sobre isso. Procure ajuda e cuide-se. Ame você acima de todas as coisas. Beijos ♥

0 comentários:

A Caprichosa

A Caprichosa
Esteticista| Cristã| Mãe do Luck. Cantinho reservado para as mulheres que amam vaidade e um pouquinho de cada assunto.

Arquivo do blog

@barbarapiracelli

@barbarapiracelli

O que você procura?

Carregando...
Tecnologia do Blogger.

Anuncie !!!!